RÁDIO ARRIUS EDITORA PORTAL ARRIUS

São Arrius

Em meados do século II, uma ideia equivocada é plantada em meio aos cristãos. Aproveitando-se da origem pagã de boa parte dos cristãos da época, surge a idéia de transformar o Cristo em Deus. Um Deus de carne e osso, visível aos olhos dos novos convertidos.

Uma voz levanta-se contra essa heresia. Uma voz com autoridade, conhecimento. Vem de uma pessoa de moral ilibada e sabidamente respeitado. Essa pessoa era São Arrius.


Muitas informações sobre São Arrius foram destruídas, durante a perseguição romana, mas mesmo assim, algumas delas conseguiram atravessar os séculos e agora, no século XXI, levantam-se das cinzas.


335 a 336 d.C.

“Misteriosamente” São Arrius cai e morre envenenado enquanto caminhava para a sua consagração como Patriarca.

Saiba mais +

325 d.C.

Encerra-se o engodo do Império: uma modificação profunda nas estruturas do que foi ensinado pelo Cristo. Neste ponto estava decretado o primeiro Cisma do Cristianismo.

Saiba mais +

306 d. C.

Com grande aceitação popular é consagrado Diácono e logo depois ordenado sacerdote pelo Patriarca Pedro I de Alexandria.

Mas com o tempo, o Patriarca passa a apoiar o trinitarismo.

Arrius se levanta contra.

Saiba mais +



311 d. C.

Com a morte do Patriarca Pedro I, Aquilas assume o Patriarcado de Alexandria e restitui a Ordenação de São Arrius. Por aclamação popular ele é sagrado Bispo.

Saiba mais +

256 d. C.

São Arrius nasce em Cirinaica (Atual Libia) em uma Família Cristã de origem Judaica.

Saiba mais +

323 a 325 d.C.

Constantino professa publicamente sua conversão ao novo cristianismo.

É convocado um Sínodo em Nicéia onde São Arrius defendia o Cristianismo original opondo-se à Alexandre e suas ideias trinitaristas. São Arrius e aqueles que foram contrários ao trinitarismo foram condenados.

Saiba mais +

318 d.C.

O Patriarca Alexandre passa a tomar parte das ideias Trinitaristas agora evidentemente apoiadas pelo imperador Constantino.

Arrius novamente se levanta contra o trinitarismo, agora defendido pelo Patriarca Alexandre e, em discussão teológica, este não encontra bases para a sua afirmação trinitarista. Irritado, excomunga Arrius.

Saiba mais +

...Os ensinamentos que nos foram legados vieram de Deus, por intermédio de Jesus Cristo e de seus apóstolos, e somente Ele que é o criador pode mudar. Nós, como servos de Deus e seguidores do Cristo, não podemos aceitar a violação das verdades divinas. O Mestre Jesus é a criatura mais perfeita, por isso o seguimos e o veneramos, mas somente Deus, que é o Criador e está acima de tudo, é digno de adoração.


São Arrius na defesa do cristianismo original no Concílio de Nicéia

Compartilhe! Imprimir